quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

UM MIMINHO PARA TI CORAÇÃO.



Clique aqui para ver mais assinaturas



SÃO BORBOLETAS, SÃO ROSAS
SÃO AS MAIS BELAS P'RA MIM
DE BELAS, SÃO TÃO VAIDOSAS
BORBOLETAS TÃO FORMOSAS
COMO AS ROSAS D'UM JARDIM

AZUL, VERMELHA, AMARELA
CADA QUAL, COM A SUA COR
MAS NÃO HÁ ,FLOR MAIS BELA
QUE TU, MINHA CINDERELA
MINHA QUERIDA, MEU AMOR.

20 comentários:

  1. Num dia de chuva, tristonho e cinzento, faz bem á alma ler o teu poema e acreditar que a Primavera vem aí, com borboletas, flores e céu azul! Bem-hajas!
    Um beijo
    Graça

    ResponderEliminar
  2. A princesa ficou toda babada com o poema da mãe, de certeza. Está lindo. Continue a escrever estas coisas maravilhosas.
    Jocas
    Sandra Cabaço e David

    ResponderEliminar
  3. Olá Laurinha
    Belo poema e obrigado por mo ter enviado. Fiquei muito sensibilizado pela artista das palavras que você é. Lindo, mais lindo que a cores que me pede porque as crianças merecem toda a luz da felicidade e a luz nem sempre brilha, infelizmente.
    Bjo grande e um sincero agradecimento.
    Diogo

    ResponderEliminar
  4. Que lindo poema amiga.
    Em ti já é normal, quando se escreve com o coração o resultado é este.
    Pois é amiga o meu querido suspeito, também comentou, o que me deu muito prazer.
    Apesar de comentar sempre ao vivo, por escrito também sabe bem.
    Jinhos grandes amiga e bom domingo.

    ResponderEliminar
  5. Romantismo total,amei
    Obrigada pela visita e pela mensagem,volte sempre,será um enorme prazer
    Seu blog é maravilhoso com mensagena sque tocam o coração e trabalhos que me inspira
    Bom domingo e feliz semana que começa
    Beijos no coração
    Edil Pontes

    ResponderEliminar
  6. Olá Laurita!
    Bigado pelas palavras e realmente tens toda a razão há que pensar nos bons momentos e deixar os maus de parte, beijocas e boa semana
    Helena

    ResponderEliminar
  7. O troar do trovão, esta incessante chuva
    As estrelas choram todas as mágoas na terra
    Onde param os Anjos, porque não nos acodem os Santos
    O mal e o bem porfiam esta eterna guerra

    As casas do sul ruiram todas
    Tal como a esperança desesperada
    Toquei no rosto de uma criança triste
    Senti uma paz surgir do nada


    Mágico beijo

    ResponderEliminar
  8. Olá Laurita

    Belíssimo poema saído do coração de mãe.

    Os meu parabéns atrasados.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  9. CIAO, HO UN PREMIO PER TE, PASSA A RITIRARLO SUL MIO BLOG! UN ABBRACCIO GRANDE!

    ResponderEliminar
  10. Laurita

    Sómente, duas quintilhas, a revelar imaginação de beleza.
    Confesso que gostei.
    Daniel

    ResponderEliminar
  11. Olá Laurita
    Sempre amável e motivadora. Obrigado por mais uma visita.
    Lindo poema o seu onde a sensibilidade está bem definida e dirigida.
    Parabéns e muita saúde e força para continuar com os seus belos escritos.
    Bjo e volte sempre
    Diogo

    ResponderEliminar
  12. venho agradecer o carinho que ontem recebi.
    o meu dia de aniversário é um dia muito feliz para mim...
    Gosto de o viver intensamente . E mais uma vez...consegui.
    um beijo pelo carinho deixado É Bom ter amigos.
    Agora vou preparar a festa da minha nova paixão...o meu livro do Sporting.

    A vida vale por estes Momentos

    ResponderEliminar
  13. Oii amiga !!!

    Que lindo ver o coração de uma mãe "explodindo" de amor...parabéns (*mesmo com atrso:) a sua filha.

    Beijinhos

    Ana

    ResponderEliminar
  14. OLA AMIGA
    PASSEI PARA DEIXAR MUITOS

    ♥ |^^^^^^^^^^ || ||\__
    ♥ | ♥.BEIJOS. ♥ ||||| __ |'|'""\\__
    ♥ |__....._____ | ||"__|__|_||__]
    ♥ "(@)"(@)"""""""(@)"(@)

    E DESEJAR UM EXCELENTE FIM DE SEMANA

    ResponderEliminar
  15. Olá, quando leio aqui, olá laurinha, parece para mim, mas, não é...

    belo poema para a tua Cinderela, o amor está ali, no desejo compartido que a snossas cinderelas consigam que a vida as faça felizes..beijinho da outra laura...

    ResponderEliminar
  16. Às vezes é preciso abanar a árvore da existência para caírem as folhas velhas. Talvez seja por isso que eu não quero saber quem pintou o céu de azul, mas eu quero é o resto da tinta, porque nós podemos matar o tempo, mas é sempre ele que nos enterra.
    Gostei muito de vir aqui visitar o teu belo espaço. No carácter, na conduta, no estilo, em todas as coisas, a simplicidade é a suprema virtude. O destino une e separa pessoas. Mas nenhuma força é tão grande para fazer esquecer pessoas, que por algum motivo um dia nos fizeram feliz!
    Nunca desistas dos teus sonhos… e nunca os deixes para trás. Encontra-os, torna-os próprios e durante toda a tua vida tem muito carinho por eles e nunca os deixes partir. Necessitas de muita dedicação para realizares os teus sonhos, porque eles não se realizam por magia dado que a magia é pura ilusão – o alimento dos perdedores - que nunca te vai tirar do lugar onde te encontras.
    BOA SEMANA!

    ResponderEliminar
  17. Ola rosa como vai apreciando seu blog e vi esta linda poesia,um beijo grande pra ti amiga.

    Fabio

    ResponderEliminar